ter. mar 19th, 2019

Ciclone Hilda chega na Austrália como categoria um

Desde a terça-feira as fortes chuvas registram precipitação generalizada em excesso de 100mm na região de Kimberley, na Austrália Ocidental, oeste do país.

Hilda devastou a vila turística de Broome derrubando árvores e destelhando casas, ventos chegaram a 120 km/h

Foto: Bureau of Meteorology
Samantha Hennzell

AUSTRÁLIA | O ciclone Hilda atingiu o oeste de Kimberley, uma das nove regiões do estado da Austrália Ocidental, na Austrália, na noite de quarta-feira (28), já na categoria um e com ventos de até 120 km/h, derrubando árvores e destelhando casas na vila turística de Broome. Um alerta de evacuação da área foi emitido pelas autoridades, e a população está sendo orientada ​​a se preparar para inundações.

Em nota, o escritório de monitoramento meteorológico da Austrália (Bureau of Meteorology: Australial’s – BOM), informou que no final da manhã desta quinta-feira (28), Hilda chegou ao interior do sul de Bidyadanga e deverá perder força à medida que avançar para o interior.

“Ocorreram fortes chuvas no oeste de Kimberley desde a terça-feira (26), com precipitação generalizada em excesso de 100mm durante dois dias na área de Broome, incluindo mais de 200mm na estação Kilto”, diz o aviso.

Ainda no aviso, o BOM informa que “há previsão de que as chuvas pesadas continuem no oeste de Kimberley na sexta-feira e no sábado. Nesse período com chuvas generalizadas de até 48 horas ininterruptas, a estimativa de precipitação varia de 50-100mm, podendo chegar a 100-150mm”.

Além do volume de água, há previsão de trovões e rajadas de ventos a 90 km / h também nas áreas do leste de Pilbara até a noite desta quinta-feira. O alerta se estendeu para o litoral norte de Wallal . Até o momento não há relatos de mortos e feridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *