Polícia impede execução de estuprador por ‘tribunal do crime’

Policiais arrombam a porta e se deparam com seis homens empunhando cabos de vassoura, facas e guarda-chuvas

Antônio João da Silva estava sendo torturado e seria executado pelo crime de estupro de vulnerável

Foto: PMESP
Samantha Hennzell

SÃO PAULO | A Polícia Militar interrompeu sentença de um ‘tribunal do crime’, na noite da última segunda-feira (29), e sete pessoas são presas, no município de Cosmópolis, aproximadamente 115 quilômetros da cidade de São Paulo.

As equipes da 3ª Cia (Cosmópolis) foram acionadas via Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), para averiguar uma ocorrência de cárcere privado e possível julgamento e sentença de morte do sequestrado pelo “tribunal do crime”, pelo crime de estupro de vulnerável.

Os policiais chegaram ao local e se aproximaram cautelosamente pela viela da Rua Walter Dester, no bairro Cidade Alta. Ao localizar a casa onde o refém estava prisioneiro, os militares deram ordens para que quem estivesse no interior da casa abrisse a porta.

Após cinco tentativas mal sucedidas, talvez abafadas pelos urros do prisioneiro, os policiais, percebendo que o indivíduo estava sendo torturado, arrombaram a porta e se depararam com seis homens empunhando cabos de vassoura, facas e guarda-chuvas, e desferindo golpes no estuprador que estava amarrado sobre uma cama e ferido.

A Polícia deu voz de prisão aos seis homens e dois deles, Lucas Rafael e Janderson, se negaram a acatar as ordens da PM, sendo necessário o uso da força para algemar os indivíduos. Os sequestradores foram revistados e com Janderson a polícia localizou R$ 253. Com Valdeir, um celular Sansung na cor branca que, segundo a vítima, eram de propriedade dela. Não foram localizados elementos ilícitos com os demais detidos.

Todos os criminosos tiveram prisão decretada pelos crimes de sequestro, cárcere privado e tentativa de homicídio qualificado, além de associação criminosa. Os indiciados, Valdeir de Lima Oliveira, Lucas Rafael Mendes do Vale, Lucas Henrique Mathias, Janderson Mendes dos Santos, Antônio João da Silva, Vinícius de Sousa Prudente, assim como o sequestrado, Antônio João da Silva, preso pelo crime de estupro de vulnerável, foram encaminhados para o Distrito Policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *