ter. mar 19th, 2019

Derrota do Vasco ‘doeu’ menos que a do Fla?

Os cariocas da Libertadores perderam no fim de semana,
Mas revés do rubro-negro foi considerado pior

Lusa bateu Vasco no domingo; Flamengo levou 4 a 0 do Flu no sábado

Foto: Marcos Faria Melo/Portuguesa
Kleber Vieira

Até que ponto um clube deve dar prioridade a uma competição em detrimento de outra, a ponto de poupar quase um time inteiro? Quais os efeitos de um resultado negativo na competição deixada em segundo plano? Tais perguntas, certamente, estão ecoando no Ninho do Urubu e em São Januário, depois das derrotas de Flamengo (4 a 0) e Vasco (1 a 0) para Fluminense e Portuguesa respectivamente.

Os principais jogadores dos dois times foram poupados, na rodada do fim de semana do Campeonato carioca, para que estejam inteiros nos confrontos da Copa Libertadores da América. Menos mal para o Flamengo, campeão da Taça Guanabara, portanto, classificado para a semifinal do Cariocão. O clube ainda mantém a ponta do Grupo B, embora tenha perdido a invencibilidade e sua defesa, que sofrera apenas um gol no primeiro turno, já leva quatro em duas rodadas da Taça Rio.

Já o Vasco, vinha de uma derrota de 4 a 0 para o razoável Jorge Wilsterman, da Bolívia, tendo se classificado à fase de grupos nos pênaltis. Um novo insucesso, e diante de outro adversário tecnicamente mais fraco, expõe uma deficiência crônica do Cruz-Maltino: a defesa parece uma peneira. Não fosse o excelente Martín Silva, que defendeu três penalidades na pré-Libertadores, a esta hora, já teríamos um grande abalo na Colina Histórica.

Vergonha I

Levar quatro gols não é normal, embora, em se tratando de clássico, uma goleada isolada até seja um resultado esperado. Mas não do jeito que foi. O jovem e desentrosado time do Flamengo foi presa fácil para o Fluminense de Abel Braga. Marcos Junior e Sornoza ‘deitaram os cabelos’, como se diz no popular. A decisão do técnico Paulo Cesar Carpeggiani foi criticada por gente de dentro do Flamengo, e pela crônica esportiva. Dificilmente, ele vai repetir o que fez.

Vergonha II

Os efeitos da derrota de 1 a 0 para a Portuguesa parecem ter sido menores para o Vasco. Mesmo assim, muitos concordam que o time, também recheado de reservas, relaxou a ponto de a Lusa não ter feito mais um por incompetência de seus atacantes. E se contar que o Gigante vem de uma derrota de 4 a 0 na competição continental, o Vasco levou cinco gols e não fez um sequer. Isso é muito sério!

Ainda e alta

Mas apesar da goleada acachapante, a melhor situação no Cariocão é a do Flamengo, campeão da Taça Guanabara, classificado para a semifinal do Estadual e na liderança do Gripo B da Taça Rio, com três pontos. O Vasco, que ficou fora da semifinal do primeiro turno, está em terceiro, no mesmo grupo, sem ter marcado ponto.

Dar prioridade a uma competição mais importante e poupar jogadores é praxe, até que tudo dê certo… ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *