ter. mar 19th, 2019

MASP inicia ano temático de mostras com narrativas afro-atlânticas.

Obra “A preparação das Meninas”, de Maria Auxiliadora, uma das obras expostas na mostra “Maria Auxiliadora – Vida Cotidiana, Pintura e Resistência”, no MASP

Foto: Divulgação/MASP
Débora Telli

O MASP iniciará agora, no mês de março, mais um ano temático, tradição que vem sendo recorrente nos últimos anos. Nesse ano, o museu trará mostras com narrativas afro-atlânticas.

Em entrevista ao Jornal O Estado de São Paulo, Adriano Pedrosa, diretor artístico do MASP, declarou que a série é uma tentativa de olhar para narrativas além da europeia, que compõe grande parte de seu acervo: “Redefinimos a missão do museu para ser mais diverso, inclusivo e plural. (…) A coleção europeia é excepcional, mas temos proposto olhar para outras narrativas.”

Haverá nove exposição com o tema afro-atlântico: oito individuais e uma geral. As primeiras serão “Imagens do Aleijadinho”, “Maria Auxiliadora – Vida Cotidiana, Pintura e Resistência” (abertas a visitação desde o dia 13 de março) e uma exposição individual de Emanoel Araujo. Melvin Edwards, Rubem Valentim, Sônia Gomes, Pedro Figar e Lúcia Laguna terão mostrar no segundo semestre do ano.

A exposição geral “Histórias Afro-Atlânticas”, acontecerá entre junho e outubro. Contará a história em diversos núcleos e percorrerá diferentes momentos da história da arte, abordando narrativas que ligam a África, a Europa e as Américas. O Instituto Tomie Ohtake receberá dois dos núcleos da exposição.

Serviço:

Exposições “Imagens do Aleijadinho” e “Maria Auxiliadora – Vida Cotidiana, Pintura e Resistência”

Data: de terça à domingo, das 10hrs às 18hrs (às quintas, aberto até às 20 hrs) até 03 de junho de 2018.

Local: MASP (Av. Paulista, nº 1578 – Bela Vista – São Paulo/SP)

Ingressos: R$ 35,00 (inteira, de quarta à domingo) R$ 17,00 (meia-entrada, de quarta à domingo). Às terças-feiras, entrada franca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *