Demacro, da Polícia Civil, cria serviço de educação e apoio às drogas

As palestras são direcionadas para escolas e afins e o público alvo são alunos do ensino médio, além de pais e educadores.

Foto Divulgação

Luciana Sereno

O Demacro (Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo) da Polícia Civil criou o Serviço de Educação e Apoio às Drogas (Sead) que funcionará atendendo às delegacias seccionais de São Paulo. 

 
O serviço conta com palestrantes especializados na área da prevenção ao uso abusivo de drogas. As palestras são direcionadas para escolas e afins e o público alvo são alunos do ensino médio, além de pais e educadores. 
 
Nas cidades de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, o palestrante que representa o Sead é o escrivão de polícia Milton Mussini. Há 25 anos atuando na conscientização e prevenção de drogas, é ainda autor do livro “Drogas, pais e filhos”, obra baseada na vida real e que mostra as consequências do uso da maconha. 
 
“A escola é uma importante ferramenta nos trabalhos de prevenção, já que por meio dela, podemos levar conhecimento aos alunos e orientar os pais a como agir no caso do envolvimento dos filhos”, afirma Mussini. Ainda segundo ele, o fato de as drogas evoluírem muito rapidamente, os pais acabam por não dialogar com os filhos sobre o tema. “Infelizmente ainda há um tabu muito grande na relação entre pais e filhos”, alerta. 
 
Para solicitar palestras basta entrar em contato pelo e-mail milton.mussini@policiacivil.sp.gov.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *